Os 1000 dias do desenvolvimento da criança.

O período que compreende os mil dias do desenvolvimento da criança é fundamental e pode afetar de maneira significativa a qualidade de vida que a criança vai ter no futuro. Por isso a  importância de cuidados especiais como a alimentação, afeto, carinho e interação.

Veja, o pesquisador DrDavid James Purslove Barkerprofessor na Universidade de Southampton, pesquisava desde os anos 1980 a importância dos primeiros 1000 dias de vida de uma criança. Esse período vai desde a gestação até o 2º ano e é essencial para propiciar um desenvolvimento saudável quando adulto.

Estando atenta ao período dos 1000 dias, você também pode contribuir – e muito! – com o desenvolvimento saudável das crianças que convivem com você.

Para isso é muito importante saber do desenvolvimento da criança e suas necessidades de acordo com cada fase.

Promova um cuidado afetuoso, com escuta e interação com a criança. Para isso você pode investir na leitura. Isso mesmo! Tenha o hábito de ler com a criança.

O hábito da leitura durante a infância estimula a criatividade, aumenta o vocabulário, estimula a memória e a concentração.

Para estimular o hábito da leitura, o adulto deve dar o exemplo. Leia com a criança, descubra que tipo de livros e histórias ela se interessa mais.

Ainda:

  • Conte a história de forma encenada, com voz e gestos que chame a atenção;
  • Passeie em biblioteca, museu;
  • Promova um espaço da leitura em casa;
  • Faça com que a criança desenhe e crie sua própria história.

Existem vários livros adequados para a infância, procure uma história que estimule a imaginação e que passe mensagens bacanas.

Você já sabe! Estou disponível para esclarecer qualquer dúvida que possa surgir. Se  você tem algum assunto que gostaria que eu abordasse em meus e-mails, nas redes sociais ou no meu canal do Youtube, escreva!

Venha fazer parte da Rede de Cuidadores e Protetores da Infância Saudável. Curta nossos canais no facebook, Instagram, Youtube.

https://www.facebook.com/slingaconchego/

Intagram: @enfmicheleferreira

e-mail: aconchegoblog@gmail.com

Youtube: Michele Ferreira

Entre em contato!

E-book com 10 dicas para solucionar dificuldades com Amamentação

O aleitamento materno é uma experiência de afeto, comunicação, conforto e proteção extra-útero, todo esforço para amamentar é a garantia de que o bebê terá seu desenvolvimento e crescimento saudáveis até a vida adulta.

Há mais de 17 anos, trabalho em prol do aleitamento materno, com objetivo de contribuir com as mães e os bebês para que tenham a experiência de amamentação plena e eficaz.

Espero que este e-book traga conhecimento e segurança para as mães que vão amamentar e para as que estão amamentando.

Forte Abraço!

Clique no link abaixo para acessar o E-book:

E book 10 dicas para solucionar dificuldades com amamentação

Os primeiros mil dias da criança valem ouro.

Para a criança, nos seus primeiros mil dias, o afeto, o carinho, a interação vão ser fundamentais, pois vai afetar de maneira significativa e de forma global o desenvolvimento da criança.
Durante os cuidados, brinque, converse e estimule a interação com a criança, isso vai auxiliar no desenvolvimento cognitivo e estimular a linguagem.
Preparei algumas dicas de brinquedos que você pode fazer e os benefícios que você estará promovendo.

Aproveite materiais como sucatas e crie junto com a criança o brinquedo. Com isso você estará estimulando a criatividade, coordenação motora, interação, responsabilidade ambiental, pois estará reciclando, além de ser muito prazeroso. 

PARA FAZER O VAI E VEM DE GARRAFA PET.

Você vai precisar:

2 garrafas pet;
Para alça, você pode utilizar a própria garrafa para fazer as argolas.
Estilete;
Tesoura comum;
Fitas adesivas;
Cordinhas de plástico.

Como fazer:

Corte o fundo das garrafas e junte as duas garrafas com fita adesiva;
Passe as cordinhas pela garrafa, faça as alças nas extremidades da cordinha, com a própria corda.
Enfeite o brinquedo como quiser. 
Quer saber mais?

Indico o site: https://www.reciclagemnomeioambiente.com.br/brinquedos-de-sucata-faceis-de-fazer/

Tem essas e outras ideias muito bacanas de brinquedos com material de sucata.

Você já sabe!

Estou disponível para esclarecer qualquer dúvida que possa surgir. Se você tem algum assunto que gostaria que eu abordasse em meus e-mails, nas redes sociais ou no meu canal do YouTube, escreva!   
           

Venha fazer parte da Rede de Cuidadores e Protetores da Infância Saudável.
Curta nossos canais no Facebook, Instagram, Youtube.

https://www.facebook.com/slingaconchego/

Intagram: @enfmicheleferreira

e-mail: aconchegoblog@gmail.com

Youtube: Michele Ferreira

Até mais!

Amarração do Sling

O sling é uma forma prazerosa e confortável de carregar o bebê.

As pesquisas mostram que o uso do sling Reduz choro, cólicas e refluxo – melhora a digestão pela posição vertical, e supre a necessidade de contato físico do bebê.

Os bebês dormem mais e melhor com o embalo contínuo e ouvindo o coração da mãe, ou do pai, o bebê sente como no útero novamente.

Os bebês ficam mais calmos, alertas e aprendem mais, pois devido a  proximidade, os bebês se sentem mais integrados à rotina familiar, melhorando sua capacidade de comunicação e interatividade.

Bebês com melhor desenvolvimento – bebês carregados constantemente têm melhor habilidade motora, senso de equilíbrio e coordenação.

Praticidade:  suas mãos ficam livres para as atividades do dia-a-dia.

Garante a privacidade e evita hiper-estimulação – mesmo em meio a multidão você evita que seu bebê esteja exposto demais e ele se sente mais seguro e protegido.

Melhora a comunicação entre mães/pais e o bebê – você satisfaz melhor as necessidades do seu bebê já que percebe os sinais mais sutis dele.

Para encomendar o sling, entre em contato:

Tel: (51)98405-6323

Site: http://slingaconchego.com.br/

Quanto tempo dorme o Recém-nascido?

O recém-nascido passa mais horas dormindo do que acordado, conforme vai crescendo, as horas de sono diminuem.

Alguns detalhes devem ser observados para melhorar a qualidade do sono, como:

  • Ter um horário fixo para a criança dormir;
  • Crianças muito cansadas ficam hiperativas;
  • Não acostume a criança a dormir com balanço, por exemplo, no carrinho ou colo. Especialistas advertem que a criança que dorme com o embalo não tem a fase do sono profundo;
  • Deixe o quarto escuro e elimine o barulho;
  • Crie um ritual para colocar a criança para dormir;
  • Atenção com a transição do berço para a cama.

Confira na tabela abaixo o tempo de sono da criança conforme a idade.

Idade da criança

Horas de sono

0-2 meses

18 horas

3 meses a 1 ano

15 horas

2 ano a 3 anos

14 horas

4 anos a 5 anos

13 horas

6 anos a 12 anos

11 horas

13 anos a 18 anos

10 horas

Fonte: https://www.helpguide.org

Puerpério: Tornado de transformações.

O puerpério é o período após o parto em que o corpo da mulher está retornando às condições pré-gravídica.

É um momento em que podem estar presentes uma miscelânea de sentimentos ambíguos, como por exemplo, estar se sentindo contente e ao mesmo tempo, podendo estar insegura e deprimida.  Às vezes esses sentimentos são vividos em segredo, não sendo compartilhado, tampouco extravasado. É um período temporário de organização psíquica, é considerado perfeitamente normal.  O cansaço natural unido ao tornado de hormônios do puerpério pode ocasionar a falta de libido e vontade de reclusão. As pesquisas referem que em torno de 70% das mulheres passam por disfunções sexuais neste período. Resultam da combinação de fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais, resultando em um bloqueio total ou parcial da resposta sexual, relacionada ao desejo, a excitação e ao orgasmo.

A gestação, o parto e o puerpério se configuram como uma experiência única e imprescindível na vida dos casais. Entretanto, para a mulher, tendem a ser mais abrangentes, já que elas vivenciam também alterações fisiológicas importantes no contexto da sexualidade.

Ao mesmo tempo em que estão vivendo a experiência de amor incondicional, passam a conviver com determinadas dificuldades, tais como: a dificuldade ao retorno sexual, pela diminuição da libido, submetendo-se por vezes a prática sexual apenas para cumprir com os deveres conjugais; exaustão devido a rotina diária dos cuidados com o filho e vergonha pelos novos contornos corporais, que passa a prejudicar inclusive sua autoestima.

Falar sobre sexualidade é falar de nossas emoções, nossas relações com as outras pessoas e nossos desejos. É uma forma de expressão, comunicação e afeto que se manifesta a todo o momento, seja por meio de um gesto, de um olhar ou de uma ação. É a energia que nos motiva a encontrar o amor, o contato e a intimidade e que se constrói passo a passo, a partir do momento em que nascemos. Precisamos conversar abertamente sobre o puerpério e suas transformações. Buscar apoio e saber que é possível ter ferramentas para minimizar os problemas que podem surgir. Conversar com o companheiro sobre seus sentimentos e informa-lo sobre o que vão precisar se apoiar e passar juntos.

 Romper com os tabus e mitos, sem julgamentos!

Dia 16 de Janeiro às 19h no Dado Bier do Bourbon Country em Porto Alegre, teremos um encontro para mulheres. Vamos abordar temas como sexo, relacionamento, puerpério, dar dicas para preparar o jantar romântico.

Contato: (51)9 8405-6323 Michele

Exercícios durante a gestação

Além de contribuir para ficar em dia com a balança, a atividade física regular também contribui com a produção hormonal, melhora a flexibilidade, promove condicionamento físico, essencial para a hora do parto.

Escolha uma atividade que lhe agrada e coloque o corpo para se mexer o quanto antes. São recomendados exercícios leves ou moderados como natação, hidroginástica, caminhada, dança. Nada de virar atleta durante a gestação.

Converse com seu médico durante o Pré-Natal e informe sua atividade física. Também cabe salientar que a atividade física também contribui na produção de substâncias que promovem o bem – estar e relaxamento.